sexta-feira, 14 de março de 2008

Surpresa bávara?

Amigos, eis que a BMW com o horroroso (no sentido de feio, mesmo) F1.08 faz os dois melhores tempos do 3o. treino livre para o GP da Austrália, encerrado há instantes.

Robert Kubica virou em 1'25"613 enquanto o companheiro de equipe, Nick Heidfeld, foi o outro a baixar de 1 minuto 26 segundos, fazendo 1'25"950. Creio que isto não passou de uma estratégia para testar o comportamento do carro com pouca gasolina na pista de Melbourne.

Acredito que a Renault tenha feito o mesmo, o que só explica o terceiro lugar do bicampeão Fernando Alonso depois de um primeiro dia de treinos livres absolutamente medíocre. O asturiano marcou 1'26"082.

Nico Rosberg foi o quarto com a Williams Toyota e mais uma vez os dois pilotos da RBR ficaram bem próximos, desta vez com Coulthard adiante de Webber.

Surpresas: Button em sétimo e Fisichella em nono. A Force India vai dar trabalho no início do campeonato...

Massa ficou em décimo-primeiro, exatamente à frente de Lewis Hamilton. O campeão Räikkönen foi décimo-quarto - atrás dele, Nelson Ângelo Piquet e Rubens Barrichello. E Kövalainen ficou apenas na frente da dupla da Aguri.

McLaren e Ferrari escondendo o leite? É bem possível.

Palpites:

A dupla da Aguri dança (lógico) já no primeiro nocaute. Bourdais, que não se adaptou ao circuito, deve ir junto. Nelson Ângelo Piquet é sério candidato a ficar fora também no Q1. Sutil e Kazuki Nakajima são outros dois fortes candidatos.

Para a Q2, acredito em Button eliminado, junto com Barrichello. Também devem dançar (volto a dizer, é tudo palpite) Glock, Kubica, Heidfeld e talvez Coulthard - ou Fisichella.

Isto posto, a Superpole teria Räikkönen, Massa, Alonso, Hamilton, Kövalainen, Rosberg, Webber, Trulli, Vettel e Fisichella - ou Coulthard.

Veremos...

Um comentário:

racelike disse...

rapaz, como vc se sente ao ver a transmissao dos treinos livre do sportv?

o comentarista presente lá é lamentavel, e vc sabe disso

pq nao é voce lá?