quinta-feira, 20 de março de 2008

O sexto elemento


É um papagaio? É uma arara sobre rodas? Não... é o Dallara de Will Power treinando em Sebring


Após Enrique Bernoldi fechar com a Conquest Racing para a IRL, o Brasil ganha um sexto representante para a categoria em 2008: Mário Moraes, que já testara pela Dale Coyne na ChampCar em Sebring, no começo do ano, assinou contrato com a pequena equipe e será companheiro de Bruno Junqueira na temporada que começa dia 29 em Miami, no oval de Homestead.

Mário tem pedigree familiar: ele é neto do empresário Antônio Ermírio de Moraes, um dos homens mais ricos - senão o mais rico - do país. Vice-campeão da Fórmula 3 sul-americana ano retrasado e quinto na F-3 inglesa ano passado, ele terá que vencer um grande obstáculo: sua total inexperiência em ovais.

O piloto está inscrito para a temporada com o carro #19 enquanto Junqueira correrá com o #18, pois o número 11 já é de outro brasileiro, Tony Kanaan.

Ontem, tanto ele quanto Bruno treinaram em Sebring, num teste marcado para as antigas equipes da ChampCar que confirmaram a passagem para a IRL. Apenas a Newman-Haas-Lanigan e a HVM não testaram. Will Power, pela KV Technologies, foi o mais rápido, com Bruno Junqueira em segundo. Andaram também Franck Perera, Oriol Serviá e Enrique Bernoldi. Os testes prosseguem nesta quinta.

2 comentários:

Gustavo - PB disse...

mas como são feios esses chassis da irl, viu. te contar...

renato disse...

pior que é feio mesmo...

deviam correr com os chassis da ChampCar que eram bem mais bonitos.

abs