quarta-feira, 2 de abril de 2008

Arte sobre rodas

O post sobre o Oreca-Courage multicolorido rendeu dividendos a este blog. Alguns elogiam, outros simplesmente detestam ou ironizam a pintura do protótipo francês.

Certo é que carros de corrida já renderam belíssimos layouts concebidos por artistas de grandíssima estirpe, como provado na série de Art Cars da BMW.

O primeiro e mais inspirador da série é o modelo BMW 3.0 CSL que disputou em 1975 as 24 Horas de Le Mans. Um ano antes de falecer em Nova York, o artista plástico Alexander Calder concebeu uma pintura para o francês Hervé Poulain, seu amigo pessoal, alinhar na clássica prova francesa ao lado do compatriota Jean Guichet e do estadunidense Sam Posey. Pena que esta obra de arte sobre rodas teve que abandonar na 9ª hora de corrida, com a transmissão quebrada.


Frank Stella, nascido nos EUA, também fez o seu trabalho de pintura diferenciada num BMW idêntico ao alinhado por Hervé Poulain, para a edição de 1976. Tripulado por Peter Gregg e Brian Redman, largou em oitavo mas foi à nocaute em 23 voltas apenas, graças ao alto consumo de óleo do carro alemão.


O terceiro Art Car da BMW foi mais um 3.0 CSL, desta vez pintado por Roy Lichtenstein para a prova de 1977. Outra vez Hervé Poulain estava ao volante, agora com Marcel Mignot como companheiro de equipe. E o resultado da dupla foi muito bom: 9º lugar na classificação geral e segundo na classe IMSA.


Para fechar com chave de ouro a série, o carro pintado por Andy Warhol: a BMW M1 para Le Mans 1979 - pra variar, com Poulalin e Mignot, acompanhados de um piloto da casa bávara, Manfred Winkelhock. Sob chuva, o trio conquistou um ótimo sexto lugar na classificação geral, na prova que marcou a maior zebra em Le Mans até a vitória da Mazda em 1991.


Na ocasião, ganhou o Porsche 935 K3 Grupo 5 da Kremer, com os irmãos Bill e Don Whittington (mais tarde presos por tráfico de entorpecentes) e o alemão Klaus Ludwig.

3 comentários:

egidio manoel disse...

poderia tb acrescentar nesta lista o porsche martini de 1970 em le mans que chegou em segundo lugar. eu considero ele tambem um art car. esta pintura correu em le mans com o 917 LH e nos EUA com a mesma equipe com o 917 K.

egidio manoel disse...

esqueci mas vale lembrar tb o creation do ano passado em le mans.

luis disse...

ah e mesmo!

o porche pscicodelico tmb pode ser um art car!