quinta-feira, 24 de abril de 2008

LMS: notícias e primeiros instantâneos de Monza

Quarenta e cinco carros estão em Monza para a segunda prova com 1000 km de duração da temporada 2008 da Le Mans Series. A lista inicial divulgada pelos organizadores contemplava incríveis 50 competidores - porém, em uma semana, houve cinco forfaits.

Só a LMP1 perdeu três protótipos: o Lola Judd da Charouz-Cytosport; o Lola AER da Chamberlain e o improvável segundo carro da Epsilon Euskadi que, ou não ficou pronto ou não houve pilotos para assumir o volante do carro. Prefiro acreditar na primeira hipótese.

A divisão LMGT1, que já tem um contingente reduzido, ficou pior porque a Larbre Competition não levou seu Saleen para a Itália. Correrão apenas os dois Corvettes da Luc Alphand, o Aston do Team Modena e o Lambo da IPB Spartak. E na LMGT2, o Aston Martin Vantage da JWA não fez a viagem porque não houve tempo de trocar o motor do carro, estourado na prova de Barcelona.

O paddock também viu algumas caras novas no tradicional autódromo transalpino. O britânico Duncan Tappy, de 23 anos, foi chamado por Martin Short para competir no Pescarolo Judd da Rollcentre Racing. A Creation Autosportif trouxe Bruce Jouanny para dividir o carro #15 com Robbie Kerr e Felipe Ortiz, ficando Jamie Campbell-Walter com o veloz Stuart Hall. E na Luc Alphand, Roland Bervillé foi substituído por Patrice Manopoulos.

Em razão de uma viagem no fim de semana, este blog não fará a mesma cobertura desenvolvida nos 1000 km de Barcelona. Mas estarei atento à corrida.

Por enquanto, fiquem com os primeiros instantâneos de Monza.

Sem lenço, sem documento e sem número: este é o segundo chassi Creation que finalmente vai estrear em Monza, com Jouanny / Ortiz / Kerr

Para deleite do Caíque, eis o Pescarolo Judd de Collard / Boullion

Asa de gaivota: o lindo Lamborghini da IPB Spartak, um dos quatro únicos carros da LMGT1

O perigo amarelo: Ferrari F430 de Rob Bell / Gianmaria Bruni, hoje o melhor carro da LMGT2

Tradição e família: Porsche de Felbermayr pai e filho, pronto para a batalha

2 comentários:

Anônimo disse...

mattar,

o saleen resolveu fazer a etapa da endurance francesa no mesmo dia, o que é uma pena, a gt1 possui poucos carros. a boa noticia é que apos lemans 2008 mais 2 gts1, serao acrescentados ao grid, um dbr9 e um morcego...

e de novo, a sensação ficará por conta do lola/aston v12 da charouz nos lmps1, mas nao acredito que ele poderá fazer frente aos audis e pugs, ainda mais com as longas retas de monza, onde os movidos a diesel levam vantagem...

o 2º epsilon euskadi, me disseram que o carro tem problemas mesmo, ou foi migue, como vc mesmo escreveu, mas todos falam em problemas...

na lmgt2 a ferrari f430 entra com plena vantagem, e os porsches ainda nao devem ressurgir das sombras... devem estar guardando alguma coisa para lemans 2008

sergio carvalho (nasdriv87)

Alexandre disse...

Sem querer ser muito intromedito, acho que as portas da lamborghini são tesoura e não gaivota, pois, as de gaivota abrem de outra forma, é só lembrar daquele Mercedinho!
Apesar de que isso também não vai mudar o câmbio do dolar hehehehe.
ABS.