domingo, 13 de abril de 2008

Stockadas - VI


O espectro do acidente fatal de Rafael Sperafico no ano passado rondou Interlagos logo na abertura do campeonato da Stock Car, no mesmo circuito, quatro meses depois. Foi impossível não lembrar daquilo quando na terceira volta, Thiago Marques bateu forte numa proteção de pneus - felizmente sem conseqüências graves para o piloto paranaense.

Antes do incidente, o pole Ingo Hoffmann - que aproveitou para anunciar que 2008 é seu último ano na categoria - já fora traído pelo diferencial importado da V-8 Supercars australiana, abandonando a disputa prematuramente.

Thiago Camilo herdou a ponta e na nova relargada, um salseiro que teve vários pilotos envolvidos - entre eles Luciano Burti, David Muffato, Pedro Gomes, Nonô Figueiredo, Duda Pamplona, Valdeno Brito e Daniel Serra - tirou três deles da disputa.

Tirante os acidentes, a corrida foi desprovida de grandes disputas e dois outros momentos merecem destaque: a ultrapassagem por fora de Cacá Bueno sobre Antônio Jorge Neto, na freada para o S do Senna; e a disputa leal pela liderança entre Marcos Gomes e Thiago Camilo, quando o piloto da equipe de Andreas Mattheis saía dos boxes após seu reabastecimento obrigatório.

Marquinhos, que vencera também a corrida de encerramento de 2007, começa bem a nova temporada, num resultado que parecia inesperado - afinal, largara em 6º - mas não para a competência da equipe chefiada por Andreas e Patrick Grandidier.

Os 15 que pontuaram:

1. Marcos Gomes (A. Mattheis Motorsport / Chevrolet Astra)
2. Thiago Camilo (Wogel / Chevrolet Astra)
3. Cacá Bueno (RC Competições / Mitsubishi Lancer)
4. Ricardo Maurício (WA Mattheis / Peugeot 307)
5. Antônio Jorge Neto (RC Competições / Mitsubishi Lancer)
6. Átila Abreu (JF Racing / Peugeot 307)
7. David Muffato (Bassani RC3 / Peugeot 307)
8. Popó Bueno (Hot Car / Chevrolet Astra)
9. Felipe Maluhy (Avallone Motorsport / Mitsubishi Lancer)
10. Hoover Orsi (Amir Nasr Racing / Chevrolet Astra)
11. Pedro Gomes (Bassani RC3 / Peugeot 307)
12. Alceu Feldmann (Boettger / Chevrolet Astra)
13. Rodrigo Sperafico (Avallone Motorsport / Mitsubishi Lancer)
14. Ricardo Zonta (L&M Racing / Peugeot 307)
15. Antonio Pizzonia (Action Power / Peugeot 307)

Um comentário:

batuta_castro2 disse...

Acho que as declarações do Cacá Bueno batem exatamente com o que foi a corrida. aquela de Match race é um pouco estranha, pra não dizer ridícula. A parada nos boxes também não foi uma boa, seria melhor ver ultrapassagens na pista.