quarta-feira, 23 de abril de 2008

GPS di m****

Durante três anos no Sportv, fui o responsável pela edição dos boletins diários do Rali Dakar. E nesse período, lamentavelmente nos vimos na obrigação de noticiar a morte de diversos competidores.

Um deles foi Fabrizio Meoni, piloto italiano que era um monstro nas areias do deserto, um craque das duas rodas, e na mesma medida muito azarado.

Meoni se foi na edição de 2005, precisamente no dia 11 de janeiro, num acidente de dinâmica até hoje difícil de se explicar.

Sete anos antes, porém, o bem-humorado piloto transalpino esteve a ponto de explodir.

Numa das etapas, ele ficou possesso com o GPS de sua moto. As imagens e as palavras falam por si só.

Prestem atenção no fim do vídeo.

2 comentários:

Fabio disse...

Valeu pelo vídeo Mestre Mattar!!
Estava precisando rir um pouco hoje!!

Anônimo disse...

heheh rs hilário... ;D