sexta-feira, 12 de outubro de 2007

E dá-lhe BMW!

O Ricardo Goes ficou muito feliz ao ver as fotos do Esquife aqui no Saco de Gatos e, não satisfeito, mandou mais duas!

A primeira abaixo mostra parte do grid de uma prova em Interlagos, 1971. Vemos o Esquife em boa companhia: a Carretera Corvette do lendário Camillo Christófaro e a Maserati de Salvador Cianciaruso. Falta identificar o protótipo #19 e a velha guarda certamente vai ajudar. Não vai?


No segundo registro, eis a BMW 2002 Schnitzer vermelha nos 200 km de Belo Horizonte - em circuito montado no entorno do Mineirão. Esta é a prova que mestre Joaquim citou no primeiro post sobre a Esquife - e o carro foi conduzido pelo "Arguina", em pessoa, até a capital mineira, porque o carro titular sofreu um incêndio durante os treinos. Paulo Gomes guiou na corrida e capotou espetacularmente no fim da disputa. A BMW destruída está abaixo da imagem de Paulão em perseguição à Alfa Romeo GTA #93, creio eu guiada por Antônio Castro Prado.

7 comentários:

joaquim disse...

Mattar,
O protótipo em questão é o belíssimo Snob´s Corvair, de Eduardo Celidônio, primeiro projeto de carro de corrida em que o Ricardo Divila esteve envolvido, e que erroneamente lhe atribuem a autoria. Não é. O carro foi construido por Anésio Hernandes e Francisco Piaciutto (o mesmo que fez a carroceria de alumínio do Fitti-Porsche, o Divila só deu uns palpites junto com o Ary Leber.

joaquim disse...

Rapazes,
Eu estava nesta prova de BH em 1972 - 200 Km Brasileiros - e este pega entre o Castro Prado e o Paulão foi absolutamente lendário, os dois fazendo misérias naquele pequeno (coisa de uns 2.850 metros)circuito em volta do Mineirão. Foi a última corrida em BH e creio que a do Brasil (tenho dúvidas sobre outra em Salvador, no mesmo ano)e foi uma verdadeira bagunça, no melhor estilo corrida de rua: Avallone A-11, Porsche 910 e 907, Lola T-210 (vencedora, com Tite Catapani), Alfa GTA, BMW, protótipos VW se engalfinhando com Fuscas Div-3. O público, calculado em torno de 100.000 pessoas, invadindo a pista a todo instante, acidentes sucedendo-se em quase sequëncia...não morreu gente porque Deus, dizem, é brasileiro.
Tenho uma coluna pronta sobre esta prova, se alguém se habilitar a publicar...

Ricardo Goes disse...

O último carro é o Eduardo Celidonio com o Snob´s Corvair e o numero é 15.
Se alguem tiver mais fotos do Arguina ou das BMW´s, estou a procura para aumentar meu acervo.
Abs
Ricardo Goes

Saco de Gatos disse...

Joaquim, o que v. está esperando! Manda a coluna pra cá!

Anônimo disse...

Uma das coisas mais legais desta foto é o grid, é de uma diversidade sem tamanho, só falta trator largando.

outra coisa e reparar na altura do snob´s, a cabeça do piloto tá mais ou menos na altura da roda da carretera do camilo, coisa de doido !!!

Me pergunto oque deu de errado com o automobilismo brasileiro, e porque não temos mais grids assim.

Filipe W

Anônimo disse...

"O protótipo em questão é o belíssimo Snob´s Corvair, de Eduardo Celidônio, primeiro projeto de carro de corrida em que o Ricardo Divila esteve envolvido, e que erroneamente lhe atribuem a autoria."

Caro Joaquim...gostaria de complementar o seu comentario.
O chassi e carroceria do Snobs foi totalmente desanhada por mim, e a linha inspirada um pouco na Ferrari P3/P4, um dos meus carros favoritos.
O chassi era uma trelica, o meu primeiro space-frame, e a carroceria foi martelada pelo mestre Picciuto, o artista do aluminio...todo merito a ele pela execucao.
Como foi meu primeiro carro completo, continuo a ter muito orgulho dele, seja pela linha, seja pelo resultado, e foi ele que me levou a uma vida dedicada ao automobilismo.
Por outro lado, se alguem de voces tiverem algumas fotos do carro, agradeceria muito o envio por email, pois tenho so uma foto em baixa resolucao, e agora esta do forum.
Abracos Ricardo Divila

Anônimo disse...

"Divila só deu uns palpites"
Caro Joaquim...este e o segundo blog no qual voce afirma que nao tenho muito a ver com o prototipo Snobs...
Por qual razao?
Tendo sido o meu primeiro projeto completo, chassi, carroceria e suspensao (modificado do original VW), e responsavel pela minha carreira no automobilismo tenho muito orgulho dele, sem tirar as devidos laudacoes do mestre Picciuto, artista do aluminio, que executou os meus desenhos em aluminio, e do Anesio, velho amigo e outro que acolheu muito bem um novato no automobilismo.
Penso que seria melhor louvar os herois do nascente automobilismo brasileiro da epoca, os abnegados do sul com suas carreteiras, os "oriundi" de Sao Paulo que traziam o fervor italiano as corridas e o pessol do Rio e alhures que nos deram todos esses carros "made in Brasil"...coisa que falta hoje em dia...
E caso voce ou alquem mais tiverem algumas fotos do Snobs, adoraria receber umass copias , via o Pandini, pois nao tenho quase nada desse carro, salvo os desenhos da epoca.
Abracos Ricardo Divila