sábado, 5 de abril de 2008

Quem com porcos se mistura...

Minha falecida avó podia ser analfabeta, não ler nem escrever direito. Contudo, a vivência de 87 anos lhe fazia dizer às vezes o seguinte:

"Quem com porcos se mistura... farelo come."

Sábias palavras, vovó.

Hoje temos um exemplo claro disto. A CBA (alguma surpresa nisto?) manifestou seu "apoio" ao presidente da FIA, Max Mosley. O mesmo que está enfiado até o pescoço no escândalo de orgia sexual que o tablóide News Of The World publicou domingo passado.

A CBA vai na contramão da opinião de muita gente. Stirling Moss, Jody Scheckter e Jackie Stewart, ofendido publicamente por Mosley em razão de sua dislexia, defendem a renúncia do dirigente. O ADAC, o poderoso Automóvel Clube da Alemanha, também.

E agora, é a vez do Automobile Club of America (AAA), também filiado à FIA, manifestar seu desagrado acerca do "Mosleygate".

Quando eu coloquei entre parênteses o "alguma surpresa nisto" é que nada mais que vem da CBA me surpreende.

Afinal, o automobilismo brasileiro não tem nenhum sinal de futuro, no sentido de renovação, de novas categorias e novos autódromos, graças à inépcia da administração de Paulo Enéas Scaglione. Que agora tem a pachorra de vir a público e apoiar um dirigente que não tem mais nenhuma moral para representar o esporte a motor e a indústria automobilística - uma vez que, como bem lembrado pelo Flávio Gomes em seu blog e pelo Lito Cavalcanti ontem no Sportv, a FIA é a Federação Internacional do Automóvel. E não apenas e tão somente do automobilismo.

Pelo visto, tem gente por aí com saudade do tempo do Charles Naccache... até porque de Joaquim Melo, Piero Gancia e principalmente de Reginaldo Bufaiçal, não dá pra ter.

2 comentários:

Anônimo disse...

Rodrigo,

acho que os Scaglione para conduzir a CBA do jeito que conduz, ele tb deve ser sadomasoquista igual ao "Mad" Max Mosley !!!!

Filipe W

Joaquim disse...

Muito menos do Carlos Cavalcanti, aquela esdrúxula figura que "sumiu" com uma pasta contendo 60.000 dólares da CBA dizendo que a perdeu no aeroporto! Tremendo cara-de-pau!