sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Na lona



A fusão entre ChampCar e IRL foi sem dúvida interessante no sentido de centralizar as atenções da mídia em apenas um campeonato de monopostos. Mas algumas equipes da categoria que disputava seus campeonatos com os Panoz Cosworth DP01 têm acusado o golpe. E uma delas foi literalmente à lona.

A Forsythe Racing, associada ao empresário Dan Pettit, vai encerrar suas atividades na categoria, concentrando-se somente na Atlantic Series. Pesaram contra a ausência de patrocínios, especialmente quando a Player's retirou seu apoio em razão da restrição de publicidade tabaqueira. E Gerald Forsythe, o proprietário, não pôde mais financiar sozinho a equipe com a ajuda da Indeck, empresa de sua propriedade.

Fechadas as portas da equipe, o canadense Paul Tracy, que tinha contrato para correr em 2008, está liberado para negociar sua participação na temporada da Fórmula Indy. Possivelmente ele será companheiro de equipe de Darren Manning, na equipe de A. J. Foyt.

3 comentários:

Cleber Bernuci disse...

A Forsythe era a equipe por quem eu nutria mais carinho nos EUA. Sempre fez belíssimos layots de seus carros, com o antigo patrocínio da Player's, no indefectível azul claro e escuro com branco nos bólidos de Paul Tracy, Greg Moore, Alex Tagliani, entre outros...

Vitão disse...

Pena.

E como fica o Franck Montagny? Volta para a Europa?

Anônimo disse...

Deve ser duro para o PT correr por uma porcaria de equipe como a Foyt. Logo ele acostumado a correr somente por equipes de ponta.

Wallace Michel