segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Você discorda?

A revista Placar anunciou nesta segunda-feira seus 12 premiados com os troféus Bola de Prata e Bola de Ouro aos melhores jogadores nas diferentes posições durante o Campeonato Brasileiro, mais o artilheiro da competição. De quebra, premiou Dodô com a Chuteira de Ouro, como o goleador do Brasil em 2007, mercê uma pontuação baseada nas diferentes competições que o atacante - de saída do Botafogo - disputou.

E o time da Bola de Prata de 2007 é este:

Rogério Ceni

Leonardo Moura
Thiago Silva
Breno
Kléber

Richarlyson
Hernanes
Thiago Neves
Valdívia

Leandro Amaral
Acosta

São quatro jogadores do São Paulo, dois do Fluminense, e um cada de Palmeiras, Náutico, Santos, Flamengo e Vasco.

Dois destes onze (Acosta e Valdívia) são estrangeiros.

E pela primeira vez, o Bola de Ouro é um atleta do Fluminense: Thiago Neves, graças à ótima partida contra o Santos, derrotou a revelação Breno e levou a taça.

"Agradeço ao Breno por não ter jogado", gracejou o meio-campista, que travou um duelo palmo a palmo com o zagueiro do São Paulo pelo troféu. "Brincadeiras à parte, é um prêmio e tanto, num ano onde pude ajudar o Fluminense na Copa do Brasil e no Campeonato Brasileiro."

Aos 22 anos, Thiago Neves foi o artilheiro do Flu com 13 gols. E se não é um craque, pelo menos foi um dos jogadores que mais se destacou não só no clube carioca como também em todo o campeonato.

Puxa-saquismos à parte (eu acho que o Felipe merecia a Bola de Prata como goleiro), as notas foram justas e os eleitos, em sua maioria, merecedores dos seus prêmios.

Se alguém discordar... entre e fique à vontade.

Um comentário:

Rafael Fonseca disse...

Sinceramente, quase não assisti jogos dos times de fora de São Paulo, só quando jogavam contra os paulistas. Mesmo assim, a escolha me parece justa, pelo que lí sobre os jogadores de fora daqui.
Só não sei se o Leandro Amaral jogou tanto assim pra figurar nessa lista, já que o que conheço dele não é muito animador...