quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Acabou!

Dois mil e sete, enfim, acabou.

Não cronologicamente. Profissionalmente, é o último dia do ano em que eu trabalho. Graças a Deus.

Este foi um ano bacana no automobilismo, de um Mundial de Fórmula 1 fantástico, com justiça sendo feita após o escândalo da espionagem que afundou a McLaren e deu o número 1 para Kimi Räikkönen.

2007, o ano em que vemos o sobrenome Piquet de volta, por cima, na Renault.

2007, o ano de Casey Stoner na Motovelocidade.

2007 de Dario Franchitti, Sébastien Bourdais e Jimmie Johnson no automobilismo estadunidense.

2007 da Audi campeã em Le Mans, da Peugeot campeã da Le Mans Series, da Porsche dando show com seu protótipo RS Spyder nos States.

2007 da confirmação de Cacá Bueno como um dos melhores pilotos da Stock Car no país.

E infelizmente, 2007 também foi o ano da morte trágica e prematura de Rafael Sperafico.

Um ano de conquistas no futebol, com o Fluminense campeão da Copa do Brasil e ganhando duas vagas no campo para a Libertadores.

Que o próximo ano que se inicia dentro em breve seja tão frutuoso nas pistas, nos gramados, quadras e também nos cinemas, teatros e shows de rock. Quando os fogos estourarem pelo mundo inteiro, celebrando o início de 2008, estarei expurgando junto o pior de 2007, levantando o astral para que a partir de primeiro de janeiro tudo seja melhor.

Este blog tira uns dias de descanso. Se voltar antes de 31 de dezembro, será em caráter absolutamente excepcional.

Um bom ano de 2008 para nós todos... saravá!

4 comentários:

Silveira disse...

Um ano marcante!!!
O ano da minha estréia como piloto (é, piloto!), mesmo sendo de motovelocidade (como nunca imaginei), mas nuna pista, feita pros pilotos, e não nas ruas! hehehe!
O ano em que a Minardi resurgiu, com a parceria junto a Piquet Sports do Nelson Piquet na GP2 (que não foi tão boa estréia assim não e talzz mass) e na Champcar Series (fazendo bonito com o dumbos!); digo...Doornbos !

O ano em que o timão não tava com aquele timão! É, o Corinthians (eternamente seu, meu, nosso, do Ayrton) caiu. Mas timão é timão! Brasil começa com B. Aliás, bola também começa com b... hehehe
BOAS FESTAS A TODOS
Lauro Silveira M Nt.

Alan disse...

Feliz ano novo para vc... Entre as lembranças boas esse ano, eu vou guardar o dia que eu li um post seu em que comentava as coincidencias que caracterizam os anos em que o tricolor foi campeão... Vc terminava com uma frase "não é nada não é nada " e eu pensei: não tinha pensado nisso, é hora de acreditar", o resto da historia todos sabem...

Rodrigo Borges disse...

Xará, um grande 2008 pra vc. Abraço!

Wagner Ponce disse...

Um ano com certeza muito bom, espero o mesmo dentro do automobilismo para 2008, claro que sem os escândalos da f-1 e sem tragédias nas pistas...

Grande Abraço!